Palavras...

Palavras...

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Leituras dos meses de ABRIL & MAIO/2015

Como eu estive devagar, quase parando...



 
O SALVA PELO LIVRO acumulou dois meses de leituras concluídas porque viajei fim de abril e só voltei no meio de maio, aí ficou tudo meio capenga por aqui...
 
Para aprumar as coisas resolvi juntar os livros lidos em um único artigo, fazendo um apanhado geral.
 
Preciso confessar que nestes dois meses eu li pouco e minha concentração não estava das melhores. Sinto que só agora estou voltando ao ritmo anterior.
 
Não chegou a ser uma ressaca literária (Deus que me livre!), mas foi bem complicado mergulhar nos textos.

E ainda tive dois “dissabores” literários.
 
Vou, inclusive, começar por eles para me livrar logo! Rá!
 
Eu havia lido os volumes 1 e 2 do YUYU HAKUSHO e achei tudo muito divertido. Dei altas risadas com a história nestes dois, mas o terceiro volume me decepcionou bastante. Teve uma ou outra gracinha, só que no geral a trama ficou meio violenta e Yuyu tá um pirralho muito mala!
 
Vou tentar mais um pouco pois tenho o volume 4 em casa, mas vai ser a última chance que darei. Uma pena, eu estava com esperanças tão grandes para este mangá...
 
NAH!!!

Outra furada – PARA MIM – foi o livro O PRINCIPE MALDITO de Mary Del Priori. Porém, neste caso, tenho total certeza que a culpa é minha e não do texto. Eu tenho um problema de “falta de paciência” com os personagens da Família Real Brasileira e só me dei conta o quão profundo é este sentimento lendo a biografia de Pedro Augusto de Saxe e Coburgo, neto de Dom Pedro II. A escritora fez uma pesquisa muito meticulosa, mas os personagens são osso duro de roer.
 
Ai Gente, não deu!
 
Ô povinho irritante!
Também NÃO!
 
Em compensação em abril eu li A CASA DO PENHASCO, THE BELL JAR e BARBA ENSOPADA DE SANGUE e em maio E NÃO SOBROU NENHUM, MONSTER e RESSURREIÇÃO para meu projeto de reler Machado de Assis em ordem cronológica. Já fiz artigo sobre a maior parte destas leituras.
 
Excelente, Muito Bom, Bom, Bom!

  
 Vocês sabem que separei E NÃO SOBROU NENHUM para ser meu companheiro de viajem. Pois bem, acabei tendo que dividi-lo com “mainha”.
 
Para vocês terem uma ideia de como a história é legal, até a minha mãe, que é SUPER difícil de agradar no quesito livros, adorou e já até levou embora o meu O Assassinato de Roger Ackroyd.
 
Eu falei que Dona Agatha é viciante!
 
 
Um beijo e ótimas leituras...
 
 
 

2 comentários:

  1. Ótimas leituras! vou acompanhar as próximas.

    http://asenhoritadoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Sempre que dá eu dou umas dicas...

      Excluir